Ajude consignando parte do seu IRS

Uma Casa de Todos,com Todos e para Todos...

Slide2

Um Sonho...

Slide3

Uma Obra...

Slide4

Uma Casa de Todos,com Todos e para Todos...

Slide5

Um Sonho...

Slide6

Uma Obra...

Slide1

CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE S. MARTINHO DE BRUFE

http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/920769IRS_slider_v2.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/709764centro_brufe_8.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/695277centro_brufe_11.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/258206centro_brufe_13.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/264313centro_brufe_15.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/193181centro_brufe.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/144449centro_brufe_2.jpg http://www.csp-brufe.pt/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/243099Qualitas_Banner_Site.jpg

creche

lado serv lado centro lado lar

Pascoa

Páscoa 2017

É tempo Pascal! Mas também foi tempo quaresmal. Tivemos um tempo para tudo!

 

 2  3  4

Em comunidade paroquial, acrescentamos à nossa sala, a cruz de Cristo. Ao seu lado estava Maria, a Mãe da Misericórdia, a Senhora do Sameiro. Sobe a Cruz estavam semanalmente panos que recordavam os nossos pecados. Eram sujos da indiferença, do esquecimento de Deus, do egoísmo, do orgulho, do pessimismo, da desconfiança e da desobediência. As semanas iam passando e da cruz íamos retirando os panos, como a recordar que, com Maria, acreditamos que é possível revestir os cantos mais íntimos da nossa vida com mais esperança e misericórdia.

 5  6

A Via Sacra, realizada na Semana Santa, foi mais um dos momentos de meditação do percurso dos passos de Jesus, com Maria. Entre a sala de estar e a capela recordamos esses principais passos. Quando chegamos ao pátio interior estavam as crianças para rezar com os mais velhos. Atentos e curiosos perceberam que o momento era de silêncio. Ouviram os mais velhos a rezar, colocaram ainda uma faixa sobre a cruz que acompanhava o percurso. Poderão um dia perceber o mistério deste grande acontecimento.

 7  8  9

Com as crianças tivemos ainda tempo para preparar o ramo de oliveira que deveria ser benzido no Domingo de Ramos. Depois de irem ao jardim apanhar as oliveiras, envolveram-nos com as mãozinhas marcadas e recortadas na cartolina e levaram para casa para depois oferecerem aos padrinhos.

E o grande dia aproximava-se. Já é tradição na Nossa Casa. O tapete não é esquecido, o pão de ló e as amêndoas preenchem a mesa e a comunidade é convidada para a visita pascal e para acolher todos compassos que depois seguem para a eucaristia. O momento é de festa. A alegria do cristão ganha novo fulgor neste tempo.

 10  11
 

Plano de Operacionalização Visitas

News image

Ver

Últimas Notícias

  • 0
  • 1
  • 2
prev
next
next
prev